Água

De 1995 a 1997 a AMCAL idealizou, projectou e construiu o Sistema de Abastecimento de Água aos concelhos de Cuba, Alvito, Vidigueira, Portel e Viana do Alentejo, a partir da Albufeira de Alvito, cujo custo atingiu 7,5 milhões de euros.

A partir de 1 de Julho de 2010, a empresa Águas Públicas do Alentejo assumiu a responsabilidade do abastecimento de água aos referidos concelhos.

ler notícia

NOTA: Para consulta de informação utilizada pelo sistema de abastecimento de água deverá consultar o site da entidade gestora Águas Públicas do Alentejo clicando aqui!

Estação Elevatória

O abastecimento de água às populações consiste, actualmente, numa das maiores preocupações e num elemento fundamental do desenvolvimento e da modernização da sociedade. No sentido de garantir a defesa da saúde pública, instalam-se estações de tratamento e monitoriza-se a qualidade da água nas redes de abastecimento visando o cumprimento das normas de qualidade.

O Sistema de Abastecimento de água da AMCAL iniciou-se no final de 1995 com as obras de reforço do abastecimento de água aos concelhos de Cuba, Alvito, Vidigueira, Portel e Viana do Alentejo, a partir da Barragem do Alvito.

Estas, compreenderam uma Estação de Tratamento de água (ETA), uma captação por jangada, seis Estações Elevatórias, quatro Reservatórios e 162 km de condutas adutoras, abastecendo em alta os cinco concelhos atrés referidos (ver condutas adutoras).

Desta forma, e sendo a capacidade nominal da ETA numa primeira fase de 350m3/h, a AMCAL trabalhou no sentido de contribuir para uma melhoria da qualidade da água a distribuir às populações.

Dada a dificuldade em garantir qualidade e quantidade satisfatórias da água abastecida ao longo do ano, a linha de tratamento da ETA compreende pré-oxidação com ozono, mistura rápida, coagulação/floculação em floculadores com agitação lenta, flotação, filtros duplos, oxidação intermédia com ozono, filtros de carvão activado, ajuste final de pH com leito de cal e desinfecção final com cloro gasoso.

Linha de Tratamento
Linha de Tratamento
Captação - Vista aerea

O sistema tem origem na captação de água na Albufeira do Alvito, que tem uma área de 1480 hectares, uma bacia hidrográfica de 21.200 hectares e um volume total de 132 milhões de metros cúbicos de água.

A captação é feita por intermédio de uma jangada, com três grupos elevatórios, funcionando dois em simultâneo, havendo um terceiro de reserva, permitindo um caudal de 2 x 175 m3/h.

A água bruta é elevada para uma câmara de carga com 6 m3 de volume, posteriormente escoando graviticamente até à ETA.

Estação Elevatória

Associada à ETA existe uma estação elevatória com bombagens independentes para os concelhos de Portel e Viana do Alentejo e para os concelhos de Cuba, Alvito e Vidigueira. Esta estação elevatória tem também uma cisterna de água tratada com capacidade para 1500 m3.

Cada uma das bombagens independentes tem três grupos elevatórios, sendo um deles de reserva, com uma capacidade de 2 x 85 m3/hora.

Reservatorio de água - Vista Aérea

Foram instalados 163 km de redes adutoras em tubagem de PEAD nos cinco concelhos, com diâmetros variáveis entre 63 e 315 mm e pressões nominais de 6.3 a 25 bares.

Quanto às estações elevatórias da adução, são em número de seis, três no concelho de Portel, uma em Cuba, uma em Alvito e outra na Vidigueira.

Foram ainda construídos quatro reservatórios de água, três com 250 m3 (dois no concelho de Cuba e um em Viana do Alentejo) e um com 100 m3 (Portel).

A AMCAL garante a qualidade da água abastecida até aos reservatórios referidos, sendo que a partir deste ponto essa responsabilidade é assumida pelos municípios.

Os dados de qualidade da água são publicados em Edital trimestralmente.

Esquema da Rede de Condutas de Água
Esquema de condutas de água